rascunhe

sábado, 29 de dezembro de 2012


- Vá!
- Por que?
- Porque eu acredito em você.

domingo, 23 de dezembro de 2012

Irmãos.



E nosso amor é traduzido assim.



Will you wanna be my player two forever?

terça-feira, 18 de dezembro de 2012

O Natal vem chegando e a dor só vai aumentando. É muito ruim acordar no meio da noite chorando e chamando alguém que nunca mais você irá ver. É ruim ter que aceitar e manter a cabeça erguida para mostrar aos outros como você supera isso. Mas a realidade é outra. Eu não superei. E suponho que nunca irei superar. Mesmo que se passem 30 anos, eu ainda vou acordar de madrugada sentindo o seu abraço e escutando a sua risada escandalosa. É difícil ter que aceitar que Deus, além de ter levado tantas pessoas que eu amava, ainda vai levar outras. E que um dia vai me levar também. O jeito, é abrir aquele sorriso do nada relembrando as coisas tão boas que passamos junto com aquelas que não estão mais com a gente, as brincadeiras, as brigas, os conselhos... E que agora estão em paz. Então, vocês aí em cima não fiquem tristes por eu chorar calada tantas noites de saudades, fiquem felizes, porque mesmo que doa em mim, eu estou feliz por ter compartilhado cada segundo que eu pude perto de vocês.

quarta-feira, 12 de dezembro de 2012



"Tomou a decisão errada uma ou duas vezes, escavando meu caminho. Sangue e fogo. Más decisões. Está tudo bem, bem-vindo à minha vida idiota. Maltratada, perdida, incompreendida. Falta saber, está tudo certo. Eu não me atrasei. Enganada, sempre adivinhando, subestimada, olha ainda estou aqui. Linda, por favor, nunca sinta, como se você fosse menos, menos que perfeita. Linda, por favor, se você alguma vez sentir como se você não fosse nada, você é perfeita, para mim." (Pink)

terça-feira, 11 de dezembro de 2012

terça-feira, 27 de novembro de 2012

Hoje foi um dia feliz e ao mesmo tempo triste. Tive minha primeira aula de direção. Aquele nervoso quando você está arrumando o banco, os espelhos, mas depois aquela calma por saber que você está dirigindo razoavelmente bem. Mas você não estava lá pra poder compartilhar essa alegria comigo. Do mesmo jeito que não me verá com um diploma da universidade em mãos. Eu sei que daí de cima você deve estar orgulhosa de mim, e parte da minha felicidade vai pra você. Eu te amo, vó, e sempre te amarei. Só as pessoas que perderam alguém sabe o quão grande é a dor da saudade e da vontade de ouvir aquela voz de novo, de sentir aquele abraço, de poder olhar dentro dos olhos. Mas enfim, hoje foi um dia legal, agora é torcer pra melhorar a cada aula e não ser reprovada haha.

segunda-feira, 12 de novembro de 2012



"O que você pode fazer quando o seu melhor não é bom o suficiente? E tudo que você toca desmorona? Porque minhas melhores intenções continuam fazendo uma confusão de coisas. Eu apenas quero corrigir isto de alguma forma, mas quantas vezes serão necessárias para eu acertar? Posso começar novamente com minha fé abalada? Porque eu não posso voltar atrás e desfazer isso, eu só tenho que ficar e encarar os meus erros, mas se eu ficar mais forte e sábia eu vou passar por isso. Então, eu levanto os meus punhos, dou um soco no ar e aceito a verdade, que às vezes a vida não é justa. Sim, eu faço um desejo, eu faço uma oração. E finalmente alguém vê o quanto me importo." (Glee)

quarta-feira, 7 de novembro de 2012

           
         Eu escolhi você não foi por um acaso. Também não foi por um acaso, que um dia desses da gente tentando fazer o jantar juntos, que pela primeira vez me imaginei morando, ou até mesmo casada, com alguém. Essas palavras me assustavam. Casar e ter que morar junto. Sei que, aliás, nós sabemos, que o futuro é incerto, e que não sabemos se continuaremos juntos até o final, por mais dolorosa seja essa ideia. Porém, temos que ter a cabeça no lugar e o pés no chão. E eu realmente espero, e quero, que fiquemos juntos até o fim. Não é por um acaso que eu sempre tiro o anel da mão direita e o coloco na mão esquerda para só ver como ficaria. E eu sorrio. Sorrio porque eu quero lutar contra todas as dificuldades ao teu lado.

Tem horas
             que o que a gente mais quer
                                                     é que todos
                                                                       CALEM A BOCA!

sábado, 3 de novembro de 2012


"Você está tão bonito hoje, quando você está sentada ali é tão difícil eu não olhar. Então, eu tento achar as palavras certas que eu poderia dizer. E não eu posso mentir, toda vez que eu te deixo meu coração fica triste e eu quero voltar pra casa para ver seu rosto esta noite, porque eu não aguento isso. Outro dia sem você comigo é como uma lança que me corta no meio, mas eu posso esperar, eu posso esperar pra sempre. Quando você liga meu coração para de bater, quando você vai embora ele não para de sangrar, mas eu posso esperar, eu posso esperar pra sempre. Você está tão bonito hoje, é como se toda vez que eu me viro eu vejo seu rosto. A coisa que eu mais sinto falta é acordar ao seu lado, quando eu olho nos seus olhos, cara, eu queria poder ficar. Sei que isto parece ser para sempre,   eu acho que esse é o preço que eu tenho que pagar. Quando eu volto pra casa para sentir seu toque sinto-me melhor. Até esse dia, não tem mais nada que eu possa fazer, e eu simplesmente não aguento. Mas eu posso esperar, eu posso esperar, eu posso esperar para sempre." (Simple Plan)

segunda-feira, 29 de outubro de 2012


Hey, você! É, você! Eu tenho te olhado por um tempo, sabia? Eu tenho observado algum dos seus passos, já que eu não posso ficar sempre perto de você, por mais que essa seja minha vontade. Hey, sabia que você fica lindo nesse sorriso? E que a vida fica tão mais calma quando você está dormindo? É, eu acordo para poder te ver dormindo, mas isso é segredo, tá? Eu tenho visto no seu olhar uma grande preocupação, sabe. Mas quero que você saiba que eu sempre acreditei em você. Mesmo que os outros não acreditem. Mesmo que nem você coloque fé em si mesmo. Não sei se isso importa, mas eu acredito. Acredito que você pode fazer tudo aquilo que tem vontade. E que pode abrir caminhos aonde só existe escuridão. E não é só eu que acredita em você, pode ter certeza. Ninguém, é sério, ninguém é melhor do que você. Você é o melhor por ser quem você é, e não o que os outros esperam de você. Você tem brilho próprio, sabia? Você consegue me fazer rir, acredita? Me faz sentir especial. Mas isso é porque você é especial. Especial para o mundo. Especial para mim. Hey, você! Você quer mesmo desistir dos seus sonhos? Até o homem conseguiu chegar na lua, por quê desacreditar em si mesmo então? Você acredita? Eu acredito.

quarta-feira, 24 de outubro de 2012



É impressionante que você está ficando cada vez mais igual a ela. É impressionante como eu consigo vê-la dentro dos seus olhos. E como você está agindo como ela. Eu ainda não sei se é a saudade que está atormentando ou se você está se tornando pelo menos um pouco do que ela era. É difícil ter que dizer que as pessoas mentiram ao dizer que a saudade passa. E que o tempo cura. O tempo não cura. O tempo só faz passar e começar a querer tirar lembranças e te fazer esquecer de certos momentos, mas ele não cura. Só falam que o tempo cura pois aqueles momentos tornam-se apenas flashes dentro da memória. Mas isso não faz curar a dor. Não faz estancar o sangue de dentro da gente. Não faz você esquecer aqueles sorrisos, aquelas risadas, aquelas broncas. É impressionante que você fala coisas que eu tenho a impressão de um deja vú em minha mente. Dela falando, dela implicando, dela entrando no quarto e perguntar porquê eu não saio da internet. E quando eu te abraço, eu tento sentir o abraço dela também. Não, o tempo não cura.

terça-feira, 23 de outubro de 2012


Mãe...
Tão protetora, tão preocupada, tão amorosa, tão coruja, tão chata, tão implicante, tão linda...
Não há palavras que descrevam,
nem sentimento tão puro e verdadeiro,
você é simplesmente...


A Melhor!



Cuida de mim pra sempre? Me dá seu aconchego pra sempre? Me faz cafuné pra sempre? Briga comigo pra sempre? Vive pra sempre? Eu te amo... pra sempre.

quinta-feira, 18 de outubro de 2012




‎"Você pode não ser o primeiro homem dela, o último homem dela ou o único homem dela. Ela amou antes, pode ser que ela ame de novo. Mas se ela se ama agora, o que mais importa? Ela não é perfeita - você também não é, e vocês dois podem nunca ser perfeitos juntos, mas se ela te faz rir, te faz pensar duas vezes, e admite ser humana e cometer erros, segure-se a ela e dê a ela o máximo que você puder. Ela pode não estar pensando em você a cada segundo do dia, mas ela te dará uma parte dela que ela sabe que você pode quebrar - o coração dela. Então não machuque ela, não mude ela, não analise e não espere mais do que ela pode dar. Sorria quando ela te fizer feliz, diga a ela quando ela te deixar com raiva, e sinta a falta dela quando ela não estiver por perto."

sexta-feira, 12 de outubro de 2012


Algumas pessoas vivem para a fortuna. Algumas pessoas vivem apenas para a fama. Algumas pessoas vivem pelo poder. Algumas pessoas vivem apenas para jogar o jogo. Algumas pessoas pensam que as coisas físicas definem o que está dentro. Eu estive lá antes mas esta vida é um tédio, tão cheia de coisas superficiais. Algumas pessoas querem tudo, mas eu não quero nada se não for você, baby. Algumas pessoas querem anéis de diamante, algumas apenas querem tudo. Tudo o que não significa nada. Algumas pessoas procura por uma fonte, promessas de juventude eterna. Algumas pessoas precisam de três dúzias de rosas, e essa é a única maneira de provar que você ama. Dê-me um mundo numa bandeja de prata e que bom seria? Sem ninguém para compartilhar com ninguém que realmente importa para mim. Nada neste mundo inteiro não significa nada se não tenho você comigo baby. (Maroon 5)

terça-feira, 9 de outubro de 2012


"É tão bom a gente se sentir abraçado pelo som da voz de alguém. É gostoso saber que ela pensa em ti nas horas mais impróprias do dia ou que ele sorri ao lembrar do seu sorriso numa fila de banco. E a gente se doa mesmo, não pensa no quão ridículo pode ser ficar fazendo voz de criança ao telefone ou ficar mostrando a língua tentando fazer o outro rir. Porque o que mais importa é o sorriso do outro. Aquele sorriso que te faz pensar em como qualquer outro tipo de amor é pequeno. Em como todo o resto é pequeno."


sexta-feira, 28 de setembro de 2012



“Um dia alguém vai se apaixonar pelo seu sorriso torto. Alguém vai precisar ouvir a sua voz antes de dormir e querer o seu bom dia para começar bem. Um dia alguém irá querer carregar as suas dores consigo e trazer um pouco de alívio. Esse alguém também irá aceitar as suas falhas, perdoar os seus maus entendidos e respeitar os seus silêncios mesmo que não entenda. Alguém com quem você poderá até ter 
brigas exageradas, mas nunca irá embora. Alguém cuja a palma da mão, você terá decorado cada detalhe e cravado a marca dos seus dedos entrelaçados. Um alguém fará você chorar e vice-versa, porém, terá um abraço que acolherá todos os erros. Alguém que talvez te odeie um dia e ame no outro - ou no mesmo -, mas que invada diariamente o seu corpo de sensações únicas. Um alguém que te leva junto toda vez que parte, e te faz oscilar entre a vida e a morte em segundos de amor. Um alguém cuja alma te pertence desde sempre. Um dia um encontro marcará o que somente os olhos registrarão. Um dia, inesperadamente, alguém anula o resto do mundo para você. E você descobrirá, rapidamente, que esse alguém não poderia ser de mais ninguém, e nem você.”






(Por: Lucas Reis - facebook)

quinta-feira, 27 de setembro de 2012



Esse mundo
             Ah esse mundo,
                                me dá tanto medo.
Hoje meu peito foi invadido por uma dor quase insuportável. São pequenas coisas que são ditas, ou pequenos gestos que são feitos, que são capazes de nos deixar pra baixo. A lágrima que tende a querer cair e são seguradas por um sorriso falso e amarelo ou por uma cara mais séria. A dúvida em saber quem é o certo e quem é o errado da história, confunde ainda mais a mente. E o sentimento de "O que eu deveria dizer agora?" e não poder fazer nada e nem uma palavra amiga pra confortar. Mas o pior de tudo, foi te ver chorando. Isso acabou comigo. Acabou com meu dia. E eu tive que me manter forte. Eu gosto de te ver sorrindo, porque o seu sorriso é lindo.

terça-feira, 25 de setembro de 2012



Pode ser verdade? Diga-me, pode ser real? Como posso colocar em palavras o que sinto? Minha vida estava completa, eu pensei que estava inteiro, por que sinto como se estivesse perdendo o controle? Nunca pensei que o amor fizesse sentir assim e você mudou o meu mundo com um único beijo. Como pode estar aqui comigo? Um anjo. É um milagre. Seu amor é como um rio, calmo e profundo. Sua alma é como um segredo que eu nunca teria. Quando olho dentro dos seus olhos, eu sei que é verdade, Deus deve ter gasto um pouco mais de tempo em você. E eu estou realmente tentando descobrir como eu sempre vivi sem o calor do seu sorriso. O coração de uma criança que está aí dentro deixa-me purificado. ('N Sync)


Fingers trace your every outline
Paint a picture with my hands
And back and forth we sway
Like branches in a storm
Change of weather
Still together when it ends
That maybe all I need
In darkness she is all I see.
                           (Maroon 5)

segunda-feira, 24 de setembro de 2012


Agora não tem mais jeito...
            
           Você já faz
                              parte
                                       de
                                            mim.

quinta-feira, 13 de setembro de 2012



Deita comigo,
Porque só assim
Tudo ficará bem.

~ mesmo longe, eu sempre ficarei ao seu lado.

*
~
*

terça-feira, 11 de setembro de 2012


- Eu vou cuidar de você, sempre.
- Você promete?
- Não. Eu juro.

*
~
*

- Eu estou bem.
- Para que mentir, meu bem? Eu sempre estarei aqui por e para você.

*
~
*
Certa vez eu tive medo. Medo de perder aqueles que amo. Medo das conversas não serem mais as mesmas, das festas não serem mais tão divertidas, dos assuntos acabarem. Tinha medo de não ser mais eterno. E, de um certo modo, meus medos tornaram-se realidade. Meus melhores amigos passaram a ser amigos, que passaram a ser colegas e hoje são apenas conhecidos. Foi difícil ter que aceitar o fato de vê-los na rua e apenas balançar a cabeça, mesmo sabendo de tudo que passamos. Mas é assim que é a vida, você se muda, você muda e todos à sua volta mudam. Você conhece novas pessoas e as velhas pessoas apenas tornam-se uma memória no coração. Apesar de eu ter tido aquele medo, que certa vez, diz-se formatura, tornou-se praticamente assustador, ter de vê-los escapando de minhas mãos. Isso aconteceu em 2008 e 2011, que foram momentos difíceis em ter que aceitar que temos que seguir nossos rumos e ir atrás de nossos sonhos, mesmo que sem eles. A OITAVOL me ensinou a ser mais forte, a erguer a cabeça nos momentos difíceis, e ter a certeza de que amigos são para todas as horas. A ETPC, ou a tal da EL03, me ensinou que sou única apesar dos meus defeitos, que existe amizade verdadeira independente de classe, raça ou idade. Aprendi muito nesse decorrer da minha vida. Aprendi, principalmente, que esse meu medo me fez perceber que conheci os melhores amigos do mundo.

domingo, 9 de setembro de 2012



"You're all I've ever wanted, 
my arms are open wide
'Cause you know just what to say
And you know just what to do
And I want to tell you so much...
 I love you."
                   (Incubus)


quinta-feira, 6 de setembro de 2012

BE MY LEONESS



Que nada que eu faça aperte o seu coração e te machuque. Que a paz venha e que teu perfume incha meu peito de alegria. Que o conforto do seu abraço seja um motivo para que eu continue tendo meus gestos mais amigos e doces. Que as minhas pequenas fútis vontades vão embora com a lembrança da importância de sua felicidade para mim. Que você saiba, mesmo que lá no fundo, que pode contar comigo, nos tempos de celebração e na tempestade. É sua a minha mão e também o meu abraço. És sua a minha escuta, meu olhar amoroso e meus melhores sorrisos. Quero que saiba que eu nunca te desapontarei, que estarei contigo nas dificuldades, nos seus territórios feridos da alma. Sempre estarei contigo e acreditarei em você. Que quando você acordar, todos os dias, e deitar para dormir, escute eu dizer o seu nome bem baixinho e que te amo em minhas preces, e que assim você possa sorrir daquele jeito bonito que eu tanto gosto. Que não importará o tamanho da distância , lembre-se que o fato de você aparecer para mim mudou a minha vida para sempre e o mundo pareceu mais belo e aconchegante. Que se sinta amado como é, não interessa a circunstância. Que não se esqueça que eu sempre estarei esperando por você, que eu sempre lembrarei do dia em que me rodou no colo e me fez um pedido de namoro. E que, mesmo não meu, continue sempre sendo meu. 

quarta-feira, 29 de agosto de 2012

Estou caindo, estou caindo! Deixe-me cair nesse vazio, nesse poço sem fundo. Deixe-me cair em minhas próprias lamentações e em meus próprios sonhos. Quem sabe assim, eu não os encontro. Mas eu não consigo parar de cair, está tudo tão longe, tão distante de mim. Por favor, avise-me se conseguir algo que me faça cair mais rápido. Meu coração palpita por uma dose de agonia, de tentação, de fervor. Não tenho achado mais graça em nada. Meus sonhos estão mais fundos do que esse vazio. Hey, senhor coelho, espere-me!


Um drink, por favor.



terça-feira, 14 de agosto de 2012

Por que voces, cachorros, têm que ter uma vida tão curta e ao mesmo tempo tão inesquecível?


domingo, 12 de agosto de 2012

Uma vez eu disse que sonhar demais machuca a alma. Machuca pois alimentamos esperanças de algo em que só nós acreditamos e no final ele não se realiza. Machuca porque são contos de fadas e nunca se tornarão realidade. Machuca porque você acha que está quase lá e de repente se surpreende. Machuca porque você ainda insiste nele, por mais distante que esteja. Machuca porque você acredita nele. Machuca porque quando você o conquista, não foi por um caminho fácil. Machuca porque quando você consegue no final é prazerosa a dor. Sonhar demais pode até machucar a alma, mas, por mais que eles me machuquem, eu não deixarei de sonhar.

"Sobre o amor? Amor é não querer desligar-se nunca do abraço. É sentir saudade todos os dias, inventar assunto pra não ter que desligar o telefone. É xingar. Rir de chorar. É alertar, preocupar. É dividir cobertor, espaço na cadeira de balanço ou um pedaço do sofá pequeno. É esquentar a mão, fazer cafuné, dormir no colo um do outro. Amor é saber esperar, esperar esper… É não saber se explicar. Sentir medo, ser cúmplice, ter coragem. É sair de casa no meio da noite e se encontrar escondido. É sonhar a semana toda com o fim de semana e o mesmo cheiro, o mesmo abraço, o mesmo beijo. É dar gargalhadas, colocar de castigo, estralar os dedos um do outro, mesmo sabendo que isso vai doer. É provocar, morder a bochecha e lamber o nariz. É fazer cara de nojo, pirraça, chantagem. É agradar. Não ter medidas. É não cansar. Não cansar da voz, do desespero, da rotina. É ter alguém, um amigo, um fonte, uma força. É ter você. É ser a gente."

— Fusca-azul   

quinta-feira, 9 de agosto de 2012

quarta-feira, 25 de julho de 2012

Ela sentiu um pequeno arrepio quando durante o beijo ele passou a mão em seu rosto, de um jeito tão simples, tão carinhoso e lindo que ainda não o esqueceu. Enquanto estão a quilômetros de distância, ela olha para o lado vazio de sua cama e relembra dos dias preguiçosos que passaram deitados assistindo TV o jogando videogame, e que mesmo com a proximidade limitada aproveitam. Ah, como ela adora isso. Estar ao lado dele, ter aquelas conversas engraçadas e sinceras; ou até mesmo ficar em silêncio e observá-lo. E, quando estão longe, eles se mandam um-milhão-de-mensagens e nunca se cansam disso, simplesmente, por não conseguir esquecer. Quando chega a noite, ela embala o sono dele com algumas palavras bobas, com desejos de boa-noite-dorme-bem-sonha-comigo-te-amo-tanto que são ditas todos os dias, e que são desejos verdadeiros...


~ Talvez ele nem perceba durante a noite, mas quando acordar vai ver... Ela passou por lá, deu-lhe um beijo enquanto ele dormia, só não quis acordá-lo porque era um sono tão leve e lindo... Mas ela esteve/está com ele sempre.


ps: está marcado como meus textos, mas são dois textos que eu achei e dei uma modificada boa (;

quarta-feira, 18 de julho de 2012


"Sabe o que é o A M O R ? É quando a vida lhe oferece a oportunidade de escolher qualquer outra pessoa e você continua querendo a mesma."


Por mais que os obstáculos sejam estreitos...

N Ã O  D E S I S T A !

~ corra atrás dos seus objetivos

quinta-feira, 5 de julho de 2012

O problema das pessoas é que elas remoem tudo. Elas necessitam de viver o passado. Correm atrás das mesmas pessoas que as ignoram. Dá valor àquele sentimento que nem existe mais. Se arrependem de fatos que aconteceram ou deixaram de acontecer. Vivem a utopia. Isso não muda nada. Apenas desperdiçam o dia lindo que poderia ser aproveitado, no presente. Tem gente que dá vontade de sacudir pra ver se acorda pra realidade. Não insista no erro. Vingança também não adianta nada, só vai alimentar a sua obsessão pelo passado. Pelo amor de Deus, acordem para a vida! Ninguém vai parar pra escutar suas lamentações. Ninguém quer saber disso. Aconteceu e pronto. Já era.


"Olha, eu vou lhe mostrar
Como é belo este mundo
Já que nunca deixaram
O seu coração mandar."

~
~ não se importe com o que os outros pensam, siga o que você deseja, veja o mundo através dos seus olhos.

quarta-feira, 4 de julho de 2012

Eu não exijo nada de você além de você mesmo. Eu não vou criticar as suas roupas, seus amigos ou seu gosto musical. Eu não vou te forçar a algo só porque eu quero e você não, faremos tudo conforme a nossa vontade. A única coisa que eu quero de você é que não mude. Que continue me olhando nos olhos e fazendo ficar sem graça, roubando um beijo quando menos esperar, me abraçando e dizendo tantas coisas em silêncio, rindo de mim ao usar um pijama seu, cuidando de mim quando eu estiver dormindo, implicando comigo e tocando violão (sabe que eu gosto). Quero que continue com essas qualidades e com esses defeitos, pois foram através deles que eu fui te conhecendo e me apaixonando. E, principalmente, quero que esteja comigo, me ajudando a me descobrir. Meu caro, esse sentimento é verdadeiro, não levou pouco tempo para eu ter certeza disso.

Desânimo.

Acho que todos passamos por aquela fase de desânimo. Você desanima de ler porque não conseguiu ler o livro na meta que estabeleceu, desanima de estudar porque não foi bem em uma prova, desanima de ajeitar as coisas porque parece que está dando tudo errado. Vontade que tenho agora? De deitar e dormir. Somente. Por um tempo, como férias. Vontade de não fazer nada, de me aconchegar naquele abraço e ficar ali, deitada, sem falar ou fazer nada. A UERJ passou e com ela minha motivação. Tanto estudo pra nada. E meu pensamento agora é de não fazer nada também. Todos falam pra não desistir de tentar, mas chega um ponto que você chega a duvidar se essa não é a opção certa. Porém, essa palavra ainda não está no meu dicionário, vou tentar sim e, mesmo que demore, entrarei para uma federal. Mas por enquanto estou precisando de férias, precisando de não sentir esse peso da responsabilidade cair sobre mim, precisando de não ter cobrança por um tempo. Precisando fazer nada.

domingo, 1 de julho de 2012

Estava sentada numa árvore, cansada de não ter nada pra fazer. Enquanto Dinah cochilava tranquilamente em seu colo, imaginava com o que gatos poderiam sonhar. Será que eles conversaram na sua língua de "miaumiau" pra lá e pra cá? Será que imaginava um mundo só dela enquanto sonhava? Será que ela seria a sua dona ou continuaria a mesma coisa? Pegou um livro para ler, mas do que serve um livro se não há desenhos e nem diálogos? Que saco! Acho que aquele coelho com um relógio na mão correndo deve estar menos entediado do que eu...




Peraí, um coelho com um relógio na mão? Acho que isso não é normal no nosso mundo, ou é? Posso estar sonhando, mas... SENHOR COELHO, SENHOR COELHO, ME ESPERE!


E ela cai em um buraco profundo, sem fim.





terça-feira, 19 de junho de 2012

Chamego.


Tão bom esse chamego
Que me faz esquecer de tantos problemas.

segunda-feira, 11 de junho de 2012

As palavras cada vez mais estão sumindo do meu mundo.
Eu já não aguento mais ler tantos livros, fazer tantos exercícios e na hora da prova esquecer tudo.
Do que adianta estudar, se não aprendo?
A falta das palavras estão sumindo junto com o meu conhecimento.
Será então, se eu tornar a buscá-las e encontrá-las, o conhecimento volte para que eu fique em paz?
Estou ficando maluca, é sério.

~ palavras, aonde estão vocês, minhas filhas?
E continua sendo assim...
A gente se cobra tanto,
Faz tantos planos,
Constrói tantos sonhos,
Remói tantos problemas,
Que se esquece de apreciar o momento.

Aí...
Nenhum plano é feito...
Nenhum sonho é realizado...
E nenhum problema é resolvido.

É minha gente,
A gente tem muito o que aprender ainda
Aprender a parar de pensar no longe e fazer o agora.
Pois o longe está sempre longe
E o agora é o que te faz viver.


~ você quer viver de um futuro incerto?

sexta-feira, 8 de junho de 2012



"Você sabe que está apaixonado quando vê o mundo nos olhos dela, 
e os olhos dela em todos os cantos do mundo."
David Levesque

terça-feira, 5 de junho de 2012

Ele me envolveu em seus braços calorosos e me rodopiava enquanto andava pela praça. Fechei os olhos para sentir o fraco vento frio que arrepiava minha nuca. Então, ele foi parando devagar e eu ia deslizando pelo seu corpo até chegar ao chão. De olhos ainda fechados, encostamos nossas testas podendo escutar e sentir a respiração um do outro, que estavam um pouco forte. Segurou meu rosto com as duas mãos, beijou a minha testa e abrimos os olhos. Nos encaramos por um longo tempo. "Às vezes não dá para acreditar.", disse. "Não dá pra acreditar no que?", perguntei. "Que isso que estamos passando seja real, é perfeito demais. Você é perfeita demais pra ser verdade." Soltei um sorriso tímido, desviei o olhar por alguns instantes e acariciei o seu cabelo perto do pescoço. "Não, eu não sou perfeita." Dando-me outro beijo na testa, ajeitou meu cabelo atrás da orelha e sorriu. "Você é perfeita do meu jeito. É isso que importa."

domingo, 3 de junho de 2012

"- Você não complica minha vida. Você a simplifica. Quando está perto, sei exatamente aonde eu deveria estar: ao seu lado. Quando você se vai, apenas corro em círculos, confuso. Minha vida ficou desiquilibrada. Fora de foco.
- Então eu sou sua Ritalina, é?
- O que é isso?
- Um medicamento que ajuda as pessoas a ter mais concentração.
- É, acho que é isso. - Ele se pôs de pé, me levantou em seus braços e disse: - Não se esqueça: eu preciso de doses frequentes."


(O Resgate do Tigre - Coulleen Houck)

domingo, 27 de maio de 2012





Ela deitou e fechou os olhos. Ele deitou do lado dela e a abraçou. Os dois ficaram ali, quietos, ouvindo a respiração um do outro. Foi então que começou. Ele começou beijando seu pescoço que causou-lhe arrepios pelo corpo, beijou seus lábios e ela retribuiu o beijo na mesma intensidade. Ele se entregou. Ela se entregou. Um turbilhão de choques percorrendo a espinha de ambos, querendo mais, pedindo mais. Foi então que adormeceram juntos. Ela acordou, mas não queria abrir os olhos. Queria desfrutar mais um pouquinho daquele sonho, daquela sensação tão boa. Deu um sorriso ainda de olhos fechados. Quando foi despreguiçar, percebeu que havia mais alguém em sua cama. Abriu os olhos e lá estava ele, sorrindo para ela. 






~ fica deitadinho pra sempre comigo?

quinta-feira, 24 de maio de 2012

Saudade acho que já não é mais a palavra certa. É mais do que isso. É quase uma obsessão. Uma vontade extretamente doentia de querer correr para os seus braços e sentir novamente aquele abraço apertado. Uma vontade de poder te ver apenas mais uma vez, e parar de me machucar tanto, de me arrepender tanto, de me frustrar tanto. Quantas vezes eu te disse Eu Te Amo? Quantas vezes eu poderia ter dido isso ao invés de ter gritado com você? Quantas vezes eu acordei de madrugada, lembrando daquele dia, que eu devia ter levantado e pedido pra te levarem ao hospital, e me sinto culpada por não ter feito nada. Absolutamente nada. Eu ainda acordo chorando. Eu ainda acordo no "meu" quarto e lembro de você deitadinha lá. Já vão fazer 3 anos. 3 anos de súplica. De querer te ver uma última vez.

quarta-feira, 23 de maio de 2012

Uma vez me perguntaram se eu bebo. Não muito, eu respondo. A maioria acha que é por causa da religião, mas passa longe disso. Particularmente, eu até gosto, mas ainda tenho certo medo. Quando vejo alguém que eu gosto bebendo até passar mal, bate um calafrio. Eu sinto como se meu coração estivessse sendo apertado com força, de tanto que dói. E o motivo disso? Ah, o motivo disso. O que era pra ser algo pra divertir acabou virando algo para fazer mal. Presenciei cenas que me deram vontade de ajoelhar e pedir "Pelo amor de Deus, não tome mais nenhuma gota de álcool". Eu a vi colocando um vidro de antidepressivo no whisky, eu a vi bebebendo demais, eu a vi passando mal, indo para o hospital, pude jurar que quase a vi morrendo. Foi uma das piores sensações que eu já tive em minha vida, se não foi a pior delas. E depois disso ela tentou de novo, e de novo, e de novo. Mesmo sem os remédios. Foi uma luta, mas hoje ela está livre disso, ou eu acho que está. É só por isso que não bebo muito mais do que um copo. É só por isso que não gosto de ver as pessoas se embebedando. Eu nem sei porque escrevi isso do nada, doeu aqui.

quinta-feira, 10 de maio de 2012


Teus sinais me confundem da cabeça aos pés mas por dentro eu te devoro. Teu olhar não me diz exato quem tu és mesmo assim eu te devoro...e tudo que Deus criou pensando em você, fez a via-láctea, fez os Dinossauros. Sem pensar em nada fez a minha vida...
                                                                                          E te deu.



~ eu quero mesmo é viver pra esperar, devorar você...

                                                                                                      (Djavan)


~ fala sério, essa música é muito cute *-*

terça-feira, 8 de maio de 2012


Aí está você, bem na minha frente e odo esse medo vai embora, me abrace apertado porque eu preciso que você me guie para a segurança. Na confusão, e nas consequências você é o meu sinal de fogo, a única resolução e o único prazer. (Snow Patrol)

segunda-feira, 7 de maio de 2012

Um objeto: Celular;
Um vício: Música;
Um chá: Matte;
Um prazer: Cheiro na sua roupa de quem acaba de te abraçar (ou passar perto de alguém cheiroso :3);
Um móvel: Cama;
Uma ação: Escutar as pessoas, e tentar fazê-las rir;
Um número: 9;
Uma flor: Liz;
Uma cor: Roxo;
Um planeta: Marte;
Uma fruta: Morango;
Um símbolo: Infinito;
Um mês: Junho;
Um aroma: Terra molhada;
Uma bebida: Coca-Cola;
Um elemento: Fogo;
Um verbo: Tentar;
Um sentido: Visão;
Uma estação: Outono;
Um legume: Cenoura;
Um animal: Cachorro;
Um esporte: Domir; (haha, não sou fã de esportes)
Um sorvete: Baunilha;
Um hobbie: Ler/Escrever;
Um tempero: Verde;
Uma marca: De quando alguém te morde, nhac :3 (carinhosamente, sure);
Uma palavra: Continuar;
Um sentimento: Felicidade;
Uma árvore: Amoreira;
Uma hora do dia: 19:30h;
Uma matéria: Química;
Uma direção: Norte;
Uma sensação: Proteção;
Uma parte do corpo: Olhos;
Uma pedra: Safira;
Um perfume: Carpe Diem/Essencial (não pra eu usar, hihi);
Uma roupa: Calça Jeans;
Um estilo musical: Rock (punk, alternativo, metal, pop etc);
Um dia da semana: Sábado;
Um instrumento musical: Bateria;
Um lugar: Alemanha;
Um livro: Harry Potter;
Um prato: Lasanha;
Uma música: Chasing Cars - Snow Patrol;
Um clima: Um dia sem nuvens, bem claro e meio frio;
Uma viagem: Com amigos;
Um calçado: All Star;
Uma pessoa: Minha Mãe.

3 anos, mudou tanta coisa. Nem parecia.

Eu sempre acreditei muito nas palavras, e elas sempre me machucaram. Porém, poucos me viram derramar uma lágrima por conta disso. Sofro calada, sozinha, e com um sorriso no rosto. Não sei se posso chamar isso de defeito ou qualidade, acho que acaba sendo um pouco dos dois. Mais para qualidade, não gosto de me sentir fraca e indefesa diante dos outros. Algo em mim diz que eu vim para cá para ajudar, e não para ser ajudada. Então por que está nascendo essa necessidade de querer ajuda de alguém? De querer alguém que me veja além desse orgulho que toma conta de mim desde a primeira vez que escutei “engole esse choro”?  Não, não vou deixar que esse momento de fraqueza tome conta de mim. Um dia prometi a mim mesma que iria parar de acreditar em tudo que me dizem, que não sorriria mais com uma mensagem pelo celular, que não passaria minutos antes de dormir sonhando acordada com alguém, que não acreditaria se alguém olhasse bem dentro dos meus olhos e dissesse que me amava, até mesmo que desconfiaria de certas atitudes. Mas acabo sendo tola demais, quebro as promessas e acredito nas palavras. E nas atitudes. E a tola aqui ao invés de enxergar isso como algo que não perfurasse, não. Cadê esse alguém? Acho que estou ficando desesperada.

sexta-feira, 4 de maio de 2012

500

Anos se passaram... E parece que aquele olhar não mudou tanto assim.



~ 500 postagens, ihu!

quarta-feira, 2 de maio de 2012


Era tudo que ela precisava. Esquecer suas responsabilidades por um instante. Esquecer que existe chão por alguns minutos. Esquecer que existe problemas a sua volta. E poder sorrir. Ficar em silêncio e apenas escutar as batidas de um coração que batia no ritmo do seu. E depois sentir um abraço apertado. Ficar deitada só para ouvir sua respiração no seu pescoço enquanto o via dormir. Receber mensagens na calada da noite. Sentir-se como num filme romântico. Ser dominada pelo desejo e ao mesmo tempo sentir uma criança que se sente protegida. Era estava precisando disso, esperando por isso. Agora ela consegue dormir mais tranquila, acordar mais feliz, mesmo num dia de chuva.

~ I promise I'll take care of you, always.

domingo, 29 de abril de 2012

"É, pessoal, não tem jeito. Relacionamento a gente constrói. Dia após dia. Dosando paciência, silêncios e longas conversas. Engraçado que quando a gente pára de acreditar em “amor da vida”, um amor pra vida da gente aparece. Sem o glamour da alma gêmea. Sem as promessas de ser pra sempre. Sem borboletas no estômago. Sem noites de insônia. É uma coisa simples do tipo: você conhece o cara. Começa, aos poucos, a admirá-lo. A achá-lo FODA. E, quando vê, você tá fazendo coraçãozinho com a mão igual uma pangaré. (E escrevendo textos no blog para que ele entenda uma coisa: dessa vez, meu caro, é DIFERENTE)."

(Fernanda Mello)

"Tenho o desassossego dentro da bolsa. E um par de asas que nunca deixo. Às vezes, quando é tarde da noite, eu viajo. E - sem saber - busco respostas que não encontro aqui. Ontem, eu perdi um sonho. E acordei chorando, logo eu que adoro sorrir... Mas não tem nada, não. Bonito mesmo é essa coisa da vida: um dia, quando menos se espera, a gente se supera. E chega mais perto de ser quem - na verdade - a gente é. "


(Fernanda Mello)

As luzes do espetáculo se apagaram. A vida está se tornando preto-e-branca. O sorriso do palhaço está saindo de seu rosto. Mas não pode ser assim. Não é possível que tudo acabe assim. Sem cor. Sem luz. Sem sorrisos. Sem brilho. Se as luzes se apagaram, vamos acender uma vela. Uma única vela. Pois uma única vela é capaz de transmitir calor, harmonia, brilho. Sorrisos. O espetáculo não acaba quando as luzes se apagam. Nem quando o mágico faz a última mágica. Nem quando a tinta colorida se esgota. O espetáculo só termina quando o palhaço para de sorrir e derrama uma lágrima.




~ por que você está deixando seu espetáculo perder a mágica?

quinta-feira, 26 de abril de 2012

E de repente eu escutei a sua voz dizer: "Você tem que me deixar ir."


~ mas eu não posso, eu não quero. Eu ainda preciso de você aqui.
O som das minhas palavras não são os sons do meu coração.


~ solitário, dolorido, machucado, removido. Ninguém vê. Ninguém entende. Mas eu não entendo... por que de tudo isso? Não tenho motivos para me sentir assim. Apenas sinto.

Triálogo.


- Quem és tu? (Lagarta)
- Eu não sei na verdade quem eu sou, já tentei calcular o meu valor. (OTM)
- São as nossas escolhas que revelam o que realmente somos. (A.D.)


~ simples assim, sempre há conexão em tudo aquilo que você gosta.

terça-feira, 24 de abril de 2012

Batom Vermelho


"Eu acho que toda mulher tem o direito de se sentir mais mulher, pelo menos por um dia. E eu consegui isso na primeira vez que usei batom vermelho. Sempre gostei de cores mais claras na boca, mas quando meus lábios formigaram pela primeira vez ao desfrutar daquela cor vibrante que sempre enxia meus olhos de curiosidade e olhei-me no espelho, não via uma garota de apenas 15 anos. Via uma mulher. Poderosa. Desejável. Sensual. Todas as garotas deviam passar por isso. É uma sensação de Lady Marmalade, estilo “Hello, Joe, you wanna give it a go, mocca choco, voulez-vous choucé avec moic, ce soir” . É algo pessoal, nem todas irão se sentir desse jeito. Porém comigo foi assim. Minha vida depois daquele dia nunca mais foi a mesma. Parei de ser ingênua, passei a olhar o lado pervertido da vida, e o melhor, retribui na mesma intensidade o que o James me fez passar. Ah, o James, mais tarde eu falo dele. Foi assim que passei por várias experiências até chegar hoje aos 30 anos. Digamos que aprontei demais por uma vez ter passado um simples batom. Foi amor à primeira vista. Muitos homens perceberam isso, também posso dizer que muitos deles ficaram com a marca em suas blusas e depois apanharam quando chegaram em casa. Não me arrependo de tudo que fiz. Descobri-me em cada passo que dei. Realizei desejos. E não foram só os meus."

~ achei esse texto perdido em um dos meus pen drives. Achei legal até. Aliás, é de minha autoria, mas enfim.